Pongâmia, novo vegetal para Biodiesel - Um novo projeto da IBSS

Pongâmia, novo vegetal para Biodiesel - Um novo projeto da IBSS

Como a importância da produção de bicombustíveis começa a afetar a economia de energia do mundo, fica cada vez mais claro que essa nova indústria precisa contar com suprimentos confiáveis de matéria - prima sustentável (colheitas agrícolas).

No contexto mundial de produção agrícola em zonas tropicais e subtropicais, a leguminosa Pongamiapinnata (até 2004, Millettia pinnata) tem atributos que a colocam numa ótima posição para sua adoção como uma importante matéria-prima para produção de biodiesel.

A importância das leguminosas para a sustentabilidade da cadeia produtiva de biocombustível se dá pelaeconomia de energia a partir da simbiose com bactérias do solo (rhizobium) que fixam nitrogênio disponível para as plantas, sendo desnecessário gastar recursos com volumosas aplicações de nitrogênio nos solos.

Com alto poder de nodulação e fixação de nitrogênio, tolerância a gradientestérmicos de 0ºC a 56ºC, produzindo óleo a partir de 300 mm de precipitação anual, além da grande porcentagem de óleo nas sementes (em torno de 50%) a Pongamia pinatta é a cultura selecionada pela IBSS, juntamente com especialistas da Universidade de Queensland na cidade de Brisbane - Austrália, para o desenvolvimento de pesquisas e projetos de implantação de grande áreas produtivas em todo o Brasil, e em especial o NORDESTE, tendo em vista sua baixa exigência hídrica.

Em breve, mais informações e dados sobre o projeto em implantação pela IBSS no Brasil.

Voltar para Notícias